10 Coisas que Você Precisa Saber Sobre os Bebês Antes de Entrar na Sala de Parto

10 Dicas da Dra. Helena para Tranquilizar as Mamães de Recém-Nascidos

Voltando à máxima “casa de ferreiro, espeto de pau”, acreditem, aconteceu comigo.

Talvez pela insegurança que experimentei ao ver minha filha tão pequenininha, dependendo de mim, me senti insegura sobre tudo o que eu sabia e tive que parar para repensar a cada dia, cada hora e talvez cada minuto as coisas que estavam acontecendo.

Qual o remédio para insegurança? Conhecimento!

Eu que tenho todo este conhecimento fiquei insegura.

Sendo assim, resolvi compartilhar com vocês algumas coisas bem básicas que devemos saber.

1 – Bebês são diferentes na hora do nascimento

Bebês são lindos, mas aquele bebê rosadinho, bochechudo e limpinho é bebê de novela. Eles podem estar inchadinhos, podem ser pequenos ou grandões, cobertos por uma camada branca de gordura chamada vérnix (calma, é normal!), de cabelos espetados, cabecinha pontuda e vão estar roxinhos. Tudo isto é normal, logo, logo seu bebê vai estar lindo como você imaginou.

2 – Cuidando do cordão umbilical

Mantenha bem sequinha a área do cordão umbilical e para fora da fralda. Ele deve cair em até duas semanas, mas quanto mais for mantido seco, tende a cair mais rápido. Seque delicadamente com um cotonete e não se assuste se sangrar um pouquinho quando ele cair, é normal e logo para.

3 – A parte molinha da cabeça dos bebês

A moleira é o espaço entre ossos na cabeça do bebê que permite que o cérebro cresça e se desenvolva. Não precisa ter medo da moleira. Tenha os cuidados normais.

4 – Os bebês choram muito – é assim que eles se comunicam!

via GIPHY

No início os choros parecem todos doloridos, as mães choram junto, mas é apenas o jeito deles se comunicarem. Eles passaram de um local quentinho escurinho, pertinho da mãe, para esse mundo estranho aqui fora, é normal eles quererem chamar atenção como quem diz “Ei, que lugar é esse?” Logo você saberá distinguir se ele está com fome, frio, fralda suja ou apenas quer um aconchego.

5 – Como saber se o bebê está mamando o suficiente.

O normal é alimentá-lo a cada três horas, quando estiver de barriguinha cheia, ele geralmente para de mamar e dorme. Para ter certeza verifique com o pediatra se está ganhando peso, fraldas cheias também são um bom indicativo. Seu bebê pode querer fazer seu peito de chupeta, afinal, quer ficar pertinho da mãe, é essa hora que seu acompanhante pode ajudar, dando um carinho e um colinho gostoso, sem cheiro de leite.

6 – O soninho do bebê é curto e frequente

O estômago do bebê tem o tamanho de uma cereja. Por isso, eles precisam ser alimentados com frequência e o sono dura menos. Principalmente até os 3 meses. A partir do terceiro mês, a maioria das crianças pode dormir de seis a oito horas seguidas, por isso é bom acostumá-lo para que durma no período noturno. Para isso, não deixe que ele durma por mais de três horas durante o dia, acorde-o para se alimentar e suas noites vão ser bem mais tranquilas.

7 – Seu bebê enxerga você

De pertinho, mas enxerga, aquele olhar lindo quando ele está no seu peito é ele examinando seu rosto e pensando o quanto a mamãe é linda.

bebê mamando e olhando para a mamãe

8 – A pele do bebê é sequinha e sensível

Seu bebê ficou nove meses envolto em líquido, quando nasce é normal que a pele em contato com o ar fique um pouco ressecada. Você não precisa fazer nada, isto passa logo e a pele ficará macia. É normal também ficar um pouco vermelha, evite agasalhar muito o bebê e dar banhos muito quentes.

9 – As tão temidas cólicas dos bebês

Tenha paciência nessa fase, as cólicas começam geralmente aos 15 dias de vida e vão até o terceiro mês. É um choro inconsolável, geralmente no final do dia, sempre na mesma hora e pode durar loooooongas horas. Faça massagem, dê de mamar, esquente a barriguinha e tenha muita calma, seu bebê sente o que você sente. Evite medicações, não há eficácia comprovada de nenhuma delas.

10 – Você não precisa se tornar eremita, saia para passear com o bebê

Eu sempre fui uma pessoa muito ativa, ficar em casa o dia inteiro me deixa louca, por isso, assim que a dor da cesária me permitiu eu comecei a fazer pequenos passeios com a Cecília. Isso é saudável, afinal, a mãe precisa cuidar dela também.

Use o bom senso, evite horários de sol a pico e locais muito cheios. Eu gostava de ir ao supermercado logo cedo, era vazio e eu podia passear por todas as gôndolas. Apenas tome cuidado para não deixar as pessoas pegarem nas mãozinhas do seu bebê, porque os recém-nascidos colocam a mão na boquinha. Não tenha medo de pedir para não tocar, pois não é má educação, é bom senso.

Leia também minhas outras dicas sobre os Recém-Nascidos e aproveite muito os dias com seu bebê.