A Consulta Pediátrica Pré-Natal

Você está no terceiro trimestre de gravidez e ainda não fez a Consulta Pediátrica Pré-Natal?

Cecília estava programada para o dia 20 de  fevereiro, mas a apressadinha quis pular carnaval aqui fora e nasceu 11 dias antes.

Na saída da maternidade, resolvemos ler a carteirinha e estava lá :

“Leve seu filho no Pediatra com 7 dias de vida”.

Gelei! Sabem a famosa frase: “Casa de ferreiro, espeto de pau”? Eu era o ferreiro naquele momento.

Uma pediatra sem pediatra. Não que eu não conhecesse, conheço vários, mas muitos eram especialistas, outros não atendiam consultório, outros nem faziam consultório. Era mais um ingrediente no turbilhão que a minha cabeça se encontrava naquele momento.

Procurar um pediatra não é uma tarefa fácil e você tem 5 dias (pois dois já se passaram dentro do hospital) para fazer isso. Me sentia numa gincana do colégio, correndo contra o tempo.

1…2…3… Valendo!

Deu a largada para busca do Pediatra….

Fulano, não atende meu plano….

Ciclano, só tem consulta para daqui um mês….

Beltrano, atende do outro lado da cidade.

É de enlouquecer, e tudo que eu não queria naquele momento era mais uma coisa para ficar louca.

Ufa! Consegui! Finalmente achei um pediatra ótimo, mas será que você realmente precisa passar por isso?

A resposta é NÃO.

Você pode consultar com o pediatra antes do seu bebê nascer, é a Consulta Pediátrica Pré-natal.

 

Nela, você conversa com o pediatra antes do nascimento, afinal, o serzinho dentro de você já gera tantas dúvidas não é mesmo?

Anote ai:

– O ideal é que essa consulta seja feita no final da gestação quando as dúvidas já estão fervendo na cabeça e a ansiedade está a mil.

– Você criará um vínculo com o pediatra e ele irá auxiliar a diminuir essa ansiedade, o que é muito importante, já que ele acompanhará seu bebê por vários meses e até anos. (Conheço adultos que só confiam no seu pediatra…rs).

– Você pode programar com antecedência a consulta de 7 dias do seu bebê e ficará muito mais tranquila, sabendo que não precisará enfrentar a gincana logo após o parto.

E se eu não gostar do pediatra?

– Troque. Visite vários, mas crie um vínculo, encontre um que você gosta e converse com ele. Alguns podem até acompanhá-la na hora do parto. Sim, você tem o direito de escolher seu pediatra para estar presente na hora do parto.

Legal né?

Importante é estar com a mente tranquila e aproveitar o seu momento, pode deixar que nós médicos cuidamos do resto.